Praticidade, passe adiante.

Praticidade, passe adiante.

Imagina chegando em casa de um compromisso precisando ir à outro bem rapidinho? O que comer? O que fazer? Não dará tempo! – você berra. Minha amiguinha Karin junto com outras amigas montaram um Blog sobre comidas rápidas para microondas. Oh, muito boa, vale à pena!

Confira também a Gezinha na Cozinha.. Hummm!

Este é o começo e título de um dos hinos que nós, membros da Igreja SUD, cantamos em nossas aulas ou reuniões dominicais. Mas por que falar sobre isso hoje? Porque no dia 6 de abril de 1820 Joseph Smith teve a revelação real de nosso Deus e de nosso Irmão, Jesus Cristo acerca da Igreja, há exatos 189 anos atrás.

A Primeira Visão

A Primeira Visão

Que manhã maravilhosa!

Brilha o sol no céu de anil.

Que canção gentil maviosa,

Das abelhas e aves mil!

Lá no Bosque fervoroso,

José ora ao Pai de amor!

E no céu vê refulgente.

Mais brilhante que o sol,

O poder do Onipotente,

Com fulgores do arrebol.

Eis que descem do infinito

Deus, o Pai, e o Filho seu.

Em junho e julho de 2000, tive a oportunidade de poder servir e ajudar como missionária de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias pregar o Evangelho do Salvador Jesus Cristo. Foram dias muito prazeirosos, de muito trabalho e dedicação.

Com uma família muito especial

Com uma família muito especial

Tenho orgulho de ser MÓRMON, orgulho de fazer parte desta Igreja e de ter padrões de moral elevados que não ofendem nada e ninguém. Meu linguajar e vestimentas mostram de quem sou filha, pois meu Pai Celestial me quer ver discreta e honrando Seu nome.

Ingredientes:

– 2 kg de mandioca descascada
– água suficiente para cozinhar a mandioca
– 2 colheres (sopa) de manteiga

– 4 colheres (sopa) de leite em pó
– sal a gosto
– 2 colheres (sopa) de manteiga

– 150 ml de manteiga de garrafa
– 1 cebola cortada em tirinhas
– 400 g de carne seca dessalgada, cozida e desfiada
– 1/2 pimentão verde cortado em tirinhas
– 1/2 pimentão vermelho cortado em tirinhas
– 1/2 pimentão amarelo cortado em tirinhas

(coloque 1 tomate picado para fritar a carne, alho, e nao use a manteiga de garrafa, nem o fundo com as rodelas)

– salsinha, cebolinha e coentro picados a gosto
– rodelas de cebola e dos pimentões a gosto
– 50 ml de azeite para untar o refratário
– 100 g de queijo parmesão ralado
– 300 g de queijo mussarela ralado

Modo de Preparo
1º – Numa panela em fogo médio, coloque mandioca descascada e
cubra com água suficiente para cozinhar a mandioca. Deixe a
mandioca cozinhando por 20 minutos, até ficar macia. Retire-a da
panela e com o auxílio de um garfo, amasse bem com manteiga.
(OBS: vá retirando os fiapos da mandioca). Reserve a mandioca e
500 ml do caldo de cozimento.

2º – À parte, dissolva leite em pó em água de cozimento da mandioca. Depois,
incorpore na mandioca amassada e misture bem até virar um purê. Acerte o sal.

3º – Numa panela em fogo médio, derreta manteiga e coloque o purê de mandioca.
Misture até ficar bem aquecido. Reserve.

4º – Numa panela em fogo médio, coloque manteiga de garrafa e doure a cebola
cortada em tirinhas.
Junte carne seca dessalgada, cozida e desfiada e refogue bem.  Adicione as tiras de pimentão verde, pimentão vermelho e pimentão
amarelo. Desligue o fogo e junte salsinha, cebolinha e coentro
picados a gosto. Tampe a panela e reserve.

5º – Num refratário retangular (34 cm X 27 cm X 8 cm de altura),
forre o fundo com algumas rodelas de cebola, rodelas dos
pimentões e regue com azeite. Depois, faça uma camada com metade
da mandioca amassada, uma camada com a carne seca refogada e
outra camada da mandioca amassada. Polvilhe queijo parmesão
ralado e queijo mussarela ralado.

6º – Leve ao forno pré-aquecido para gratinar por 20 minutos a 180 ºC

Essa nota achei no Yahoo.

Texto: Adriana Bernardino

(31-03-09) – Não é apenas o veículo que precisa de manutenção preventiva. O motorista que enfrenta o trânsito das grandes cidades ou dirige por longas distâncias também deve estar preparado para as mais diversas situações.

Há momentos na direção em que bate aquela sede ou fome momentânea, mas nem sempre é possível parar, principalmente se a viagem for mais longa ou se você estiver preso no trânsito. Veja algumas precauções simples que podem ajudá-lo a ficar mais saudável e protegido.

Combustíveis para o corpo

A nutricionista Solange de Oliveira Saavedra, gerente técnica do Conselho Regional de Nutricionistas, sugere alguns alimentos para o motorista levar no carro.

“O ideal é ter sempre um pequeno ‘kit de socorro alimentar’ no carro, uma bolsa térmica com um composto de água mineral, água de coco ou sucos de frutas, além de frutas de fácil manipulação e consumo. Tenha também biscoitos tipo cream cracker e barras de cereais (doces e/ou salgadas), que são fáceis de conservação e de transporte”, aconselha.

Renomados terapeutas que trabalham com famílias, divulgaram uma recente pesquisa onde nota-se que os membros das famílias brasileiras estão cada vez mais frios: não existe mais carinho, não valorizam mais as qualidades, só se ouvem críticas.

As pessoas estão cada vez mais intolerantes e se desgastam valorizando os defeitos dos outros.

Por isso, os relacionamentos de hoje não duram.

A ausência de elogio está cada vez mais presente nas famílias de média e alta renda. Não vemos mais homens elogiando suas mulheres ou vice-versa, não vemos chefes elogiando o trabalho de seus subordinados, não vemos mais pais e filhos se elogiando; amigos, etc.

Só vemos pessoas fúteis valorizando artistas, cantores, pessoas que usam a imagem para ganhar dinheiro e que, por conseqüência são pessoas que tem a obrigação de cuidar do corpo, do rosto.

Essa ausência de elogio tem afetado muito as famílias.

A falta de diálogo em seus lares, o excesso de orgulho impede que as pessoas digam o que sentem e levam essa carência para dentro dos consultórios.

Acabam com seus casamentos, acabam procurando em outras pessoas o que não conseguem dentro de casa.

Vamos começar a valorizar nossas famílias, amigos, alunos,subordinados .

Vamos elogiar o bom profissional, a boa atitude, a ética, a beleza de nossos parceiros ou nossas parceiras, o comportamento de nossos filhos.

Vamos observar o que as pessoas gostam. O bom profissional gosta de ser reconhecido, o bom filho gosta de ser reconhecido, o bom pai ou a boa mãe gostam de ser reconhecidos, o bom amigo, a boa dona de casa, a mulher que se cuida, o homem que se cuida, enfim vivemos numa sociedade em que um precisa do outro; é impossível um homem viver sozinho, e os elogios são a motivação na vida de qualquer pessoa.

Quantas pessoas você poderá fazer feliz hoje elogiando de alguma forma?

Pense nisso!

Neste próximo final de semana, nós membros de A Igreja de Jesus Cristo dos Últimos Dias, teremos o privilégio, por 2 dias, de ouvirmos e vermos líderes da Igreja nos aconselhar.

Aqui seguem minhas impressões da Confeência passada, que acontece todos os meses de abril e outubro, anualmente, no Centro de Conferências em Salt Lake City, Utah.

São 4 sessões, 4 vezes em que recebemos intruções para nossas vidas com bons vizinhos, mães e pais de família, nos aconselham em com nos portar de forma discreta e prestativa perante a sociedade.

Estes somos nós, os Santos dos Últimos Dias.🙂

O Senador Morôni Torgan é um SUD, você sabia?

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.